Patê de Tofu com manjericão

DSC07055.JPG

ingredientes : 500 gramas de tofu (queijo de soja) fresco, 2 colheres sopa de azeite, 2 colheres sopa de tahine (pasta de gergelim), 2 colheres sopa de missô (massa de soja fermentada), 2 colheres sopa de limão, 1 colher sopa de manjericão fresco picado, 1 pitada de pimenta do reino.

preparo:

  • misturar  bem o missô, com o tahine e o azeite
  • acrescentar o suco de limão
  • reservar
  • amassar com as mãos o tofu até esmiuçar bem
  • juntar à mistura
  • colocar um pouco de pimeta do reino
  • acertar o sal
  • incrementar com as folhas de manjericão fresco picado

dica: podem ser usados infinidade de temperos no lugar de pimenta e manjericã, inclusive agridoces com tâmaras ou uvas passas. 

Como o tofu naturalmente não têm  um sabor bem definido, ao acrescentar a mistura de azeite, missô, tahine e limão ressalta mais seu sabor. 

observação:  quando seguindo o Programa Alimentar de 5 fases, pode ser incluído a partir da 3a fase

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM GLÚTEN – SEM AÇÚCAR – SEM LACTOSE – RECEITA MÉDICA – FERMENTADO – VIVO

Completude

20090617200221

Um círculo, um ciclo, uma volta. Completou.

Pesquisei, estudei, experimentei, experienciei. Conceitos, idéias, teorias, estudos científicos, dietas, posturas mais ou menos radicais, ativismos, tendências, modismos. Livros, congressos, internet, cursos, seminários, vivências e muito, muito fogão. Provei, literalmente, tudo.

O foco sempre o mesmo: a alimentação como a mais básica forma de bem-estar, como a primeira e essencial Medicina.

Parafraseando Carlos Drummond de Andrade: De tudo fica um pouco. Fica um pouco do sentimento pelos animais que me levou inicialmente ao vegetarianismo, fica a vivência com a energia da vida vibrando sutilmente nas sementes e nos grãos germinados que me aproximou dos crudívoros, fica a potência da bomba energética do suco vivo cheio de vitaminais e micronutrientes que adotei pra sempre, fica a emoção de ver a abundância da vida brotando e se doando nos brotos suculentos de girassol, fica o carinho no estômago/intestino da papa de arroz macrobiótica, fica o nabo com shoyu e suas intensas significâncias que remetem ao vislumbre do Satori.

Tantas coisas relevantes! A importância da mastigação, o uso dos fermentados e probióticos, a função primordial da flora intestinal, o desastre do uso na alimentação do açúcar refinado e das farinhas brancas, a delícia da produção do próprio pão integral sem conservantes. Tantas coisas que acabaram gerando um corpo de conhecimento único baseado na minha própria experiência e estudos.

E como num grande círculo me encontro de novo com a alimentação proposta pela Medicina Tradicional Chinesa no estudo dos padrões energéticos individuais. Fecha o círculo na certeza da consistência das suas bases.

Agora é hora de compartilhar.

Aceite o convite.

Visite o site: Ninesh Saúde Integral

.

.