Kvass

screenshot_2016-09-20-13-48-35_2_1ingredientes: beterraba orgânica crua, água, sal rosa

preparo:

  • lavar bem e escovar 4 beterrabas orgânicas grandes com casca
  • cortar em pedaços pequenos
  • colocar num vidro de boca larga (pode ser vidro de palmito) e ir apertando bem para caber o máximo possivel
  • completar o vidro com água mineral ou de filtro de barro (não usar água da torneira direto por causa do cloro) e 1 colher chá de sal rosa
  • tampar firmemente para permitir que os gases se acumulem e a bebida se torne levemente efervescente
  • deixar fermentar por 48 horas  sem mexer num local fresco e sem luz solar direta.
  • cuidado para não ultrapassar muito este período sem abrir o vidro porque o acumulo de gases dentro do vidro pode produzir uma pequena “explosão”, observar a tampa de metal par ver se não fica estufada
  • coar e verter o líquido em garaffas de vidro que podem ser armazenadas na geladeira
  • a beterraba que ficou no coador pode ser usada para uma segunda fermentação adicionando novamente água com sal e tampando por 24 horas desta vez
  • coar novamente, descartar a beterraba, juntar o líquido com o da 1a fermentação

dicas:

  • MUITA ATENÇÃO COM A HIGIENE, por se tratar de fermentados as mãos devem estar muito limpas, a pia da cozinha impecável e os utensílios esterilizados.
  • não utilizar utensílios de metal, só madeira, bambu, silicone ou plástico
  • pode ser acrescentado no suco verde vivo

observação: quando seguindo o Programa Alimentar de 5 fases, pode ser incluído a partir da 2a fase

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM GLÚTEN – SEM LACTOSE – RECEITA MÉDICA – FERMENTADO – VIVO

O Kvass  é uma bebida fermentada originária da Rússia e levemente efervescente. Rica em minerais, vitaminas, enzimas e probióticos e uma excelente forma de manter o intestino com a microbiota equilibrada.

*** Esta receita foi baseada numa receita da Sonia Hirsch ***

Kefir de água com Beterraba Crua

photogrid_1474326776351

ingredientes: Kefir na primeira fermentação, beterraba crua

preparo:

PRIMEIRA FERMENTAÇÃO

  • colocar os grão de Kefir em um vidro esterilizado.
  • completar o vidro com água mineral ou de filtro de barro (não usar água da torneira direto por causa do cloro)
  • acrescentar 1 colher sopa de açúcar mascavo para cada 500 ml de água
  • misturar suavemente com uma colher de silicone ou plástico ou bambu (não pode ser metal)
  • cobrir com um pedaço de filó ou voile (não feche o vidro com tampa!!)
  • deixar fermentar por 48 horas  sem mexer num local fresco e sem luz solar direta.

SEGUNDA FERMENTAÇÃO COM BETERRABA

  • separar com um coador de plástico os grãos da água
  • colocar a água que ficou 48 horas fermentando em garrafas de vidro previamente esterilizadas
  • acrescentar 1 beterraba crua orgânica, bem lavada e escovada cortada em pedacinhos
  • tampar bem para permitir que os gases se acumulem e a bebida se torne levemente efervescente
  • pode deixar 24 a 48 horas nesta etapa
  • cuidado para não ultrapassar muito este período sem abrir a garrafa porque o acumulo de gases dentro da garrafa pode produzir uma pequena “explosão”

dicas:

  • MUITA ATENÇÃO COM A HIGIENE, por se tratar de fermentados as mãos devem estar muito limpas, a pia da cozinha impecável e os utensílios esterilizados.
  • não utilizar utensílios de metal, só madeira, bambu, silicone ou plástico
  • pode ser acrescentado no suco verde vivo

observação: quando seguindo o Programa Alimentar de 5 fases, pode ser incluído a partir da 2a fase

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM GLÚTEN – SEM LACTOSE – RECEITA MÉDICA – FERMENTADO – VIVO

O Kefir de água é uma bebida fermentada levemente efervescente. Rica em minerais, vitaminas, enzimas e probióticos e uma excelente forma de manter o intestino com a microbiota equilibrada. Pode ser usado por crianças e doentes. Ajuda no restabelecimento da flora intestinal após o uso de antibióticos ou após diarreia.

Leite de Coco Caseiro

photogrid_1474208719309ingredientes: coco seco, água quente

preparo:

  • fure o olho do coco e retire o liquido dele, reserve
  • esquente o coco inteiro diretamente na chama do fogão para soltar por dentro
  • enrole em um pano e coloque numa superfície dura (piso não cerâmico) e bata com um martelo até desmanchar em vários pedaços, retire o pano e separe a polpa da casca; se fizer questão de um leite mais branquinho retire a parte marrom que fica colada na polpa
  • coloque os pedaços no processador e bata até ficar parecendo coco ralado grosso
  • passe para o liquidificador e acrescente aos poucos 3 xícaras de água quente e bata
  • coe num coador de voil
  • guarde o liquido numa garrafa de vidro na geladeira
  • use o que sobrou no voil como coco ralado, deixe secar bem , melhor no forno com a porta aberta para retirar toda aumidade

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM GLÚTEN – SEM AÇÚCAR – SEM LACTOSE – GORDURA DO BEM

Leite Vegetal de Inhame

bbbF7867

ingredientes : 500 gr inhame, 6 tâmaras, água

preparo:

  • colocar numa panela com água o inhame com casca para ferver.
  • colocar as tâmaras de molho em um pouco de água quente e reservar
  • cozinhar até poder enfiar o garfo nele sem dificuldade
  • descascar ( eu acho muito mais fácil descascar os legumes depois de cozidos, faço a mesma coisa com a batata doce, assim não fica melando)
  • cortar em vários pedaços e colocar no liquidificador
  • colocar 2 copos de água (pode ser mais, observar a consistência que deseja do leite, mais liquido ou mais cremoso)
  • bater
  • pronto
  • caso for adoçar com tâmaras já hidratadas colocar as mesmas no liquidificador  e pode acrescentar a água que fica bem doce.

dica:  quando for feito desta forma, cozido, não precisa coar. Pode ser feito com o inhame cru e ai vai ser necessário usar o coador de voile.

Pode ser utilizado como leite mais liquido e guardado na geladeira até por 2 ou 3 dias ou pode ser mais grosso como um creme para fazer sobremesas. Experimente!!

observação:  quando seguindo o Programa Alimentar de 5 fases, pode ser incluído já partir da 2a fase

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM GLÚTEN – SEM AÇÚCAR – SEM LACTOSE – RECEITA MÉDICA

Suco Vivo Rosa

B7198

ingredientes : 8 amoras, 1 inhame pequeno descascado, 1 maçã verde com casca, 10 talos de salsinha com folhas, 1 fatia grossa de gengibre, 5 castanhas de caju cruas e acordadas, 1/2 copo de Rejuvelac (ver receita aqui) , coador de voile, liquidificador.

preparo:

  • colocar as castanhas de caju de molho em um pouco de água durante pelo menos 4 horas para iniciar o processo de germinação (acordar s sementes)
  • cortar os ingredientes e colocar no liquidificador
  • bater
  • coar com o coador de voile

dicas:

  • podem ser usadas outras frutas vermelhas (berries)
  • o resto de fibras que sobra no coador pode ser utilizado para pães, bolos ou bolinhos.

observação: quando seguindo o Programa Alimentar de 5 fases, pode ser incluído a partir da 3a fase

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM GLÚTEN – SEM AÇÚCAR – SEM LACTOSE – RECEITA MÉDICA – FERMENTADO – VIVO

Rejuvelac de Arroz

B7025ingredientes : arroz integral orgânico de boa procedência e novo (pode ser cateto ou agulhinha ou castanho), água, um vidro de paredes grossas, um pedaço de voile, um elástico

preparo:

  • pre-germinar o arroz: lavar 1/2 xícara de arroz numa peneira limpa com abundante água corrente, colocar num vidro com abundante água corrente e deixar de molho durante 24 horas
  • desprezar esta 1a água e lavar bem o arroz acordado
  • lavar bem as mãos, trabalhar num espaço limpo, colocar o vidro dentro de uma panela  com água que o cubra totalmente e ferver por pelo menos 5 minutos ou colocar uma colher de metal dentro do vidro e verter abundante água fervente para higienizar o vidro.
  • colocar o arroz acordado e lavado dentro do vidro
  • colocar 3 xícaras de água mineral ou filtrada
  • cobrir com o voile e prender com o elástico
  • deixar repousar em lugar fresco, limpo e sombreado por  24 horas
  • verter esta água do arroz (Rejuvelac 1) numa jarra de vidro ou numa garrafa com tampa
  • guardar na geladeira
  • consumir aos poucos durante o dia com suco de limão colocado na hora de beber
  • lavar o frasco de vidro e o arroz
  • colocar o arroz novamente no vidro e acrescentar 3 xícaras e água mineral ou filtrada, repetindo o mesmo processo para obter o Rejuvelac pela 2a vez (Rejuvelac 2)
  • pode fazer o mesmo processo uma 3a vez (Rejuvelac 3)

dicas:

  • MUITA ATENÇÃO COM A HIGIENE, por se tratar de fermentados as mãos devem estar muito limpas e os utensílios esterilizados.
  • pode utilizar o arroz depois de 2 dias fermentando para fazer papa de arroz ou arroz doce (com 3 dias o gosto fica já muito forte para meu paladar, mas nada impede de usar)
  • pode ser usado como probiótico para facilitar a fermentação de queijos e iogurtes vivos, chucrutes e conservas
  • pode ser acrescentado no suco verde vivo

observação: quando seguindo o Programa Alimentar de 5 fases, pode ser incluído a partir da 2a fase

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM GLUTEN – SEM AÇÚCAR – SEM LACTOSE – RECEITA MÉDICA – FERMENTADO – VIVO

A água de arroz fermentada é um alimento vivo. Rica em minerais, vitaminas, enzimas e probióticos e uma excelente forma de manter o intestino com a microbiota equilibrada. Pode ser usado por crianças e doentes. Ajuda no restabelecimento da flora intestinal após o uso de antibióticos ou após diarreia.

Iogurte Vegetariano de Coco

iogurte coco

ingredientes : coco verde, probiotico (simfort®, prolive®, probiatop®, biorich®)

preparo:

  • retire a água de coco de 2 cocos verdes e reserve
  • separe a polpa do coco, com cuidado para retirar bem a parte marrom
  • coloque a polpa de coco no liquidificador
  • acrescente 1/2  xícara de água filtrada ou mineral a temperatura ambiente ou morna se o dia estiver muito frio
  • bata bem
  • despeje num recipiente de louça ou vidro (não utilize plástico ou metal)
  • despeje o conteúdo de 1 envelope de probiótico ou abra a cápsula do mesmo e misture bem
  • cobra com um pano e deixe repousar por 8 a 12 horas num lugar escuro e seco (pode ser dentro do forno desligado)
  • depois guarde na geladeira por até 3 dias

dicas:

  • adoçar com tâmaras ou uva passa ou mel
  • usar como bebida, batido com frutas ( aqui na foto foi batido com jabuticabas)
  • comer mais consitente com colher dentro de 1/2 mamão papaia por exemplo
  • usar como molho de saladas temperando com ervas, sal e limão
  • pode usar como probiótico o Rejuvelac (fermentado de trigo ou de arroz) ou o Kefir.
  • MUITA ATENÇÃO COM A HIGIENE,  por se tratar de fementados as mãos devem estar muito limpas, os utensílios esterilizados e os panos impecáveis

observação: quando seguindo o Programa Alimentar de 5 fases, pode ser incluído a partir da 2a fase

classificação da receita:   VEGETARIANA – SEM GLUTEN – SEM AÇÚCAR – SEM LACTOSE  – RECEITA MÉDICA – FERMENTADO

“Toddynho” de “Nutella” vegetariano

B4282

ingredientes: uma xícara de avelãs cruas com pele, água, chocolate alcalino premium

preparo:

  • deixar as avelãs de molho em água fresca de um dia para ou outro (ou por pelo menos 6 horas) até ficarem bem inchadas e quase brotando
  • colocar as avelãs “acordadas” no liqüidificador e acrescentar um pouco de água fria
  • bater bastante
  • coar usando um coador de voile
  • colocar novamente no liquidificador e acrescentar 3 colheres sopa de chocolate alcalino premium sem açúcar
  • adoçar com tâmaras

classificação da receita:   VEGETARIANA  – CRUDÍVORA SEM GLÚTEN  –  SEM LACTOSE  –  SEM AÇÚCAR  –  RECEITA MÉDICA

Água saborizada: Morango, Mirtilo, Melão, Hortelã, Maçã, Salsão

B4108

ingredientes: mirtilo, morango, maçã, hortelã, melão, salsão, água mineral.

preparo:

  • cortar as frutas e colocar num frasco de vidro em camadas
  • apertar bem
  • colocar água até a borda e tampar
  • levar a geladeira
  • deixar durante a noite e tomar de manhã ao acordar
  • comer as frutas

dicas:

  • as frutas como uvas, mirtilos, jaboticabas soltam mais sabor se forem furadas com um garfo.
  • na maioria dos padrões de adoecimento na Medicina Chinesa não se aconselha o uso de alimentos e bebidas geladas, pelo que se for o caso, pode se retirar da geladeira e consumir quando atingir a temperatura ambiente.

classificação da receita:   VEGETARIANA – SEM GLUTEN – SEM AÇÚCAR – SEM LACTOSE  – RECEITA MÉDICA 

Agua Saborizada: Lichia, Limão, Hortelã, Uva

IMG_4101

ingredientes: lichia, limão, hortelã, uva, água mineral.

preparo:

  • descascar a lichia e colocar num frasco de vidro
  • apertar bem
  • colocar rodelas de limão, folhas de hortelã e uvas sucesivamente em camadas
  • colocar água até a borda e tampar
  • levar a geladeira
  • deixar durante a noite e tomar de manhã ao acordar

classificação da receita:   VEGETARIANA – SEM GLUTEN – SEM AÇÚCAR – SEM LACTOSE  – RECEITA MÉDICA 

Smoothie Chocolate e Banana

IMG_1070

ingredientes: arroz cateto integral, cacau orgânico em pó, banana, tâmaras.

 

preparo:  Faça um creme de arroz integral macrobiótico seguindo a nossa receita do blog (clique aqui). Coloque no liquidificador 1 xícara da papa de arroz no liquidificador. Retire o caroço de 4 tâmaras. Corte uma banana prata pequena e 2 colheres sopa de cacau em pó. Acrescente tudo no liquidificador e bata até obter uma mistura homogênea. Pode ser necessário acrescentar algumas colheres de água para obter uma mistura mais liquida.

 

classificação da receita:  SEM GLÚTEN  –  SEM AÇÚCAR  –  SEM LACTOSE – VEGETARIANO  –  RECEITA MÉDICA

 

 

 

Suco Vivo (nova versão)

2207   2213

ingredientes para o suco verde básico: 1 maçã com casca e sem as sementes cortada em pedaços pequenos + suco de 1 limão Taiti + 2 folhas de couve + 1 pepino com casca + 1 cenoura.

outros ingredientes quase que obrigatórios: grama de trigo (wheat grass), salsinha, batata yacon, abobrinha com casca, gengibre, inhame descascado.

para variar mais ainda: chuchu com casca, cenoura amarela, beterraba, abóbora, brócolis, couve flor, hortelã, erva-doce, salsão, agrião, acelga, rúcula, erva cidreira, folhas de beterraba orgânica (cuidado pois as folhas acumulam os tóxicos), folhas de cenoura orgânica, folhas de amora, acelga, ora-pro-nobis, abacaxi sem casca, morango, uvas passas, ameixa seca.

sementes germinadas: linhaça, gergelim preto cru, trigo, lentilha, girassol.

brotos: girassol, moyashi, trigo.

preparo do suco:

1) iniciar a preparação do suco verde básico colocando no liquidificador a maçã cortada, a couve e as outras folhas verdes, uma fatia grossa de gengibre e o suco de 1 limão espremido; ligar o liquidificador sem a tampa; utilizar a cenoura, o pepino e a abobrinha inteiros como bio-socadores que auxiliam no trabalho de transformar  tudo numa pasta e a mesmo tempo vão se desmanchando ao apertar os legumes contra as lâminas do aparelho. Cuidado para não se acidentar.

2) acrecentar outras verduras e legumes crus (com exceção do inhame) variando cada dia de acordo com a disponibilidade sazonal e com o gosto pessoal para não cansar do mesmo sabor sempre e para fornecer diferentes vitaminas, minerais e nutrientes em cada suco. Experimentar sem medo, mesmo os ingredientes que podem parecer a primeira vista estranhos para um suco.

3) bater bem até obter uma papa ou suco bem grosso; coar com um coador de voile como o que está na foto; espremer com as mãos o coador fazendo movimentos de “ordenha” até extrair todo o suco e deixar uma massa seca dentro do coador. Desprezar este resto que contêm as fibras não solúveis. Está pronto o SUCO VERDE BÁSICO.

4) colocar o inhame descascado e cortado em pedaços junto com 1 punhado de sementes germinadas no copo do liquidificador; acrescentar um pouco do suco para bater bem e desmanchar as sementes; acrescentar o restante do suco verde já coado. Está pronto o SUCO VIVO.

germinação de sementes: lave as sementes; retire as sementes sem aspecto saudável; deixe num recipiente de louça ou vidro com água limpa e uma colher de suco de limão durante pelo menos 08 horas, coberto com um pedaço de filô para proteger dos insetos;  escorra a água e deixe o vidro virado com a boca pra baixo, permitindo a entrada de ar a través do tecido,; deixe secar inclinado para escorrer a água toda; molhe as sementes pelo menos 2 vezes por dia; logo as sementes começarão a inchar um pouco (a linhaça solta uma gosma caraterística) e aparecerão umas pontinhas brancas que já são o início do processo de germinação, momento em que as sementes se encontram com uma grande quantidade de energia; consumir estas sementes germinadas no período de 2 dias no máximo.

observações: 1) o suco vivo deve ser tomado de manhã em jejum e é interessante deixar um intervalo de pelo menos 1 hora para ingerir novos alimentos depois.

2) pode acrescentar um pouco de melão ou melancia para fazer o suco mais líquido

3) todas as sementes e todos os grãos podem ser utilizados para germinar, cada um possui um valor nutritivo e energético diferente, porém eu escolhi a linhaça e o gergelim preto por serem os mais energizantes e nutritivos

4) ao comprar as sementes verifique que não sejam torradas, compre sempre sementes cruas.

propriedades: este suco é altamente nutritivo (basta pensar no prato enorme de legumes que daria tudo o que foi colocado dentro do liquidificador), é desintoxicante, é energético, acaba com a fome fora de hora, (consequentemente ajuda no emagrecimento), muito rico em minerais, vitaminas e fibras.

dica: o coador de voile ou voal ou tule  também chamado de panela furada é fundamental para obter a consistência e textura ideal do suco. Pode ser feito em casa ou comprado já pronto neste site  –doce limão–  ou pode pedir pelo mail: culinariavrinda@gmail.com que enviam por correio para todo o Brasil.

.

(receita modificada após dicas do Kamalanath Das Gilberto (Gilberto Bassetto Jr.) no Curso de Culinária Viva)

.

classificação da receita:   VEGETARIANA  –  CRUDÍVORA  –  VIVA  –  SEM LACTOSE  –  SEM AÇÚCAR  –   RECEITA MÉDICA

Água saborizada

Água saborizada

ingredientes: melancia, mirtilos, uvas crimson

preparo: colocar numa forma de gelo uma frutinha ou um pedaço de melancia, colocar água filtrada e congelar; servir num copo com água para obter uma água visualmente mais atrativa e com um discreto sabor da fruta.

variações: hortelã, casquinhas de limão, morango, cereja, rodelas de gengibre

classificação da receita:   VEGETARIANA  –  SEM GLUTEN –  SEM LACTOSE  –  SEM AÇÚCAR   –  FÁCIL 

(variação a partir de uma foto que vi na internet)

 

Suco de melancia, couve e gengibre

1932

ingredientes: duas xícaras de melancia cortada em pedaços, uma xícara de água de coco, tres fatias de gengibre de aprox. 1 cm de espessura, um cará pequeno, uma cenoura, uma maçã, 2 folhas de couve, 

preparo: colocar a melancia, o gengibre, a cenoura cortada, o cará descascado e cortado em pedaços, a maçã com casca e sem as sementes;  bater;  acrescentar a couve picada em pedaços com a mão;  bater bastante novamente; coar (em coador de tule é melhor); depois acrescentar a água de coco e bater novamente. Pode adicionar gelo se preferir. Servir.

classificação da receita:   VEGETARIANA  –  SEM GLÚTEN  –  SEM LACTOSE  –  SEM AÇÚCAR  –  RÁPIDA  –  FÁCIL 

 

Leite de Amêndoas

ingredientes: uma xícara de amêndoas cruas com pele, água.

preparo:

  • deixar as amêndoas de molho em água fresca de um dia para ou outro (ou por pelo menos 6 horas)
  • quando estiverem bem inchadas e quase brotando, retirar suavemente a pele marrom
  • colocar as amêndoas no liqüidificador e acrescentar um pouco de água fria
  • bater bastante
  • coar usando um coador de voile
  • servir.

variações: acrescentar um pouco de canela, de baunilha o de açúcar segundo o gosto de cada um para variar o sabor.

dicas:

  • se guardada na geladeira dura de 2 a 3 dias, porém as melhores propriedades são obtidas quando consumida na hora de
  • pode ser usada em receitas como substituto do leite.
  • para facilitar o preparo pode ser feito sem retirar a pele das amêndoas

classificação da receita:   VEGETARIANA  –  CRUDÍVORA  SEM GLÚTEN  –  SEM LACTOSE  –  SEM AÇÚCAR  –  RÁPIDA  –  FÁCIL  –  RECEITA MÉDICA

Suco Vivo

ingredientes para o suco verde básico: 1 pepino com casca + 1 cenoura + 1 maçã com casca e sem as sementes + 2 folhas de couve

outros ingredientes para acrescentar no suco (algum deles): abobrinha italiana com casca, chuchu com casca, cenoura amarela, beterraba, salsinha, hortelã, talos de erva doce, salsão, agrião, acelga, tomate, cará descascado, brócolis, couve flor, abóbora

sementes germinadas: linhaça, gergelim preto cru

preparo: 1) iniciar a preparação do suco batendo no liquidificador o pepino cortado para dar o liquido do suco pois não se usa água (se precisar de mais liquido acrescente mais pepino); depois de bater bem o pepino acrescentar a cenoura e a maçã cortadas e a couve; está pronto o SUCO VERDE BÁSICO.

2) acrecentar outros legumes crus, variando cada dia de acordo com a disponibilidade e com o gosto, para não cansar do mesmo sabor sempre e para fornecer diferentes vitaminas e minerais em cada suco. Todas as opções acima são válidas, pode experimentar sem medo!

3) uma vez pronto o SUCO VERDE deve ser coado

4) colocar 1 colher sopa de sementes germinadas no copo do liquidificador (sem o suco) e bater para desmanchar as sementes, acrescentar o SUCO VERDE já coado e está pronto o SUCO VIVO

5) o suco vivo deve ser tomado de manhã em jejum e é interessante deixar um intervalo de pelo menos 2 horas para se alimentar depois

germinação de sementes: lave as sementes, retire as sementes sem aspecto saudável e deixe num recipiente de louça ou vidro com água limpa durante 10 a 14 horas, trocando a água pelo menos 2 vezes por dia, cubra com um pano fino e mantenha longe da luz direta; a linhaça solta uma gosma caraterística sem qualquer relevância; logo as sementes começarão a inchar um pouco e a soltar  a pele escura, aparecendo umas pontinhas brancas que já são o início do processo de germinação, momento em que as sementes se encontram com uma grande quantidade de energia; lavar mais uma vez as sementes em água corrente e colocar num coador de pano ou de plástico  (como mostra a foto) para escorrer a água, mantendo tampado com um pano fino ou tule; continuar lavando periodicamente, com maior frequência no clima quente; consumir estas sementes germinadas no período de 2 dias no máximo.

observação: 1) pode ser utilizado o processador de alimentos ou máquina de sucos no lugar do simples e velho liquidificador,  2) evitar as frutas, principalmente as ácidas,  3) pode acrescentar um pouco de melão ou melancia para fazer o suco mais líquido, 4) todas as sementes e todos os grãos podem ser utilizados para germinar, cada um possui um valor nutritivo e energético diferente, porém eu escolhi a linhaça e o gergelim preto como os mais energizantes e nutritivos, 5) as sementes não podem ser torradas, compre sempre sementes cruas.

propriedades: este suco é altamente nutritivo (basta pensar no prato enorme de legumes que daria tudo o que foi colocado dentro do liquidificador), é desintoxicante, é energético, acaba com a fome fora de hora, (consequentemente ajuda no emagrecimento), muito rico em minerais, vitaminas e fibras.

classificação da receita:   VEGETARIANA  –   CRUDÍVORA  –  VIVA  –  SEM GLÚTEN  –  SEM LACTOSE  –  SEM AÇÚCAR