Inhame dourado assado no forno

ingredientes: 

inhame, taro (Colocasia esculenta)

preparo:

  • cozinhar as bolinhas de inhame com casca na água fervente ou no vapor na cuscuzeira
  • descascar
  • colocar no forno com um pouco de azeite e deixar até dourar
  • comer com algum molho a gosto (pesto, mostarda dijon, outros)

dica:  o inhame pode ser congelado e utilizado em outro momento colocando diretamente no forno.

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM GLÚTEN  – SEM LACTOSE – SEM AÇÚCAR

Anúncios

Spaghetti de abobrinha cru com molho de papa de arroz

ingredientes: 

abobrinha italiana

preparo:

simplesmente lavar a abobrinha e colocar no espiralizador para fazer o corte em espiral girando a abobrinha

pode ser consumido cru, como salada ou dar uma leve refogada com um pouco de azeite.

fica excelente com vários tipos de molhos como se fosse spamghetti mesmo: de tomate, pesto ou meu preferido com papa de arroz e temperos a gosto para virar um molho branco vegano.

dica: pode ser congelado e utilizado em outro momento descongelando diretamente na frigideira, com cuidado de retirar a água na medida que descongela.

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM GLÚTEN  – SEM LACTOSE – SEM AÇÚCAR

 

Pão de fermentação natural com cúrcuma

ingredientes: farinha de trigo branca, levain, água, sal, cúrcuma, zathar, pimenta.

 

levain, também conhecido como madre, chefe, fermento de cristo ou isca é o fermento natural obtido por doação ou preparado do zero seguindo a receita da Neide Rigo aqui: levain do zero

 reformar o levain: 

  • retirar 100 g da isca de levain da geladeira
  • diluir com 160 ml de água em temperatura ambiente
  • acrescentar 240 g de farinha de trigo branca
  • misturar até formar uma massa bem grudenta
  • fechar com filme plástico ou pano
  • deixar fermentar durante 6 horas, de preferência a cada 2 horas dando uma mexida, dobrando a massa das bordas para o centro e revirando várias vezes
  • cobrir sempre com plástico ou tampa

preparar o pão

  • separar 400 gramas de levain e guardar o resto na geladeira em pote de vidro, sem fechar hermeticamente, só cobrindo
  • misturar  1 kg de farinha branca de trigo (de preferência orgânica), 1 colher de sal, 1 colher sopa de cúrcuma, 1 colher sobremesa zathar, 1 pouco de pimenta moída na hora a gosto. Tudo somando 500 gramas no total.
  • colocar 600 ml de água
  • juntar os ingredientes até formar uma bola de massa homogênea, lisa e de consistência mole. Pode ser necessário acrescentar um pouco mais de água ou de farinha.
  • colocar a massa do pão num recipiente com seu fundo polvilhado de farinha ou coberto com folhas de couve ou outras (taioba, bananeira, repolho) deixar descansar coberto com filme plástico em ambiente morno até que dobre de tamanho, por 8 a 10 horas dependendo da temperatura ambiente.
  • vire o pão uma vez e deixe crescer mais um pouco.
  • tem o ponto certo, se crescer de mais a cadeia de glúten se quebra e o pão murcha.
  • para saber a hora que esta bom para assar coloque uma pequena bolinha de massa num copo de água. Quando subir a superfície está pronto para ir ao forno
  • aqueça bem o forno na temperatura máxima com uma panela grossa de preferencia de ferro.
  • retire a panela muito quente do forno, polvilhe farinha ou coloque folhas dentro e coloque o pão
  • faça vários cortes com uma lâmina bem afiada e fina, de preferência uma gilette  na superfície do pão
  • cubra com a tampa da panela ou com uma forma
  • leve ao sono em temperatura média por 50-60 minutos dependendo do forno
  • delicie-se

dicas:

  • aquecer as folhas de couve no vapor impede que acha coque térmico e deixa a temperatura mais quentinha para o pão crescer melhor
  • colocar uma vasilha de metal com água dentro do forno ou borrifar água algumas vezes durante o cozimento não deixa que a casca do pão fique tão dura

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM LACTOSE – SEM AÇÚCAR – FERMENTAÇÃO NATURAL

*** Esta receita foi baseada numa receita da Neide Rigo  que tem cursos incríveis e escreve neste blog:  https://come-se.blogspot.com/  ***

Farofa de PANC com farinha d’água da Amazônia.

ingredientes: 

farina d’agua (ou outra farinha de mandioca), cebola, alho, alho-poró, cebolinha, salsinha, pimentões coloridos, cenoura ralada, tomates, pimenta em grãos moída na hora, sal a gosto + as PANC   plantas alimentícias não convencionais disponíveis (taioba, ora-pro-nobis, pirarucu)

preparo:

  • refogue a cebola, alho, alho-poró, pimentões coloridos, tomates, cenoura ralada e temperos
  • acrescente as folhas rasgadas ou cortadas das PANC previamente branqueadas (passadas na água fervente e depois na água fria)
  • misture bem
  • acrescente a farinha d’água aos poucos
  • sirva e coma quentinha

dica: pode usar farinha de mandioca torrada ou outra farinha da sua preferênci

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM GLÚTEN  – SEM LACTOSE – SEM AÇÚCAR

Hambúrguer vegetariano de grão de bico

ingredientes: 

grão-de-bico, cebola, alho, pimentão, tomate, salsinha, cebolinha, alho-poró, pimenta em grãos moída na hora, limão, farinha de mandioca torrada.

preparo:

  • deixe de molho 300 gr de grão-de-bico por 12 a 24 horas, trocando a água, lave bem, coloque para ferver em uma panela com bastante água, cozinhe sem sal ou tempero até fica bem cozido
  • reserve o água de cozimento para usar com aquafaba
  • refogue a cebola, alho, alho-poró, pimentões tomates e temperos
  • coloque os grãos cozidos e os temperos refogados em um processador de alimentos
  • acrescente 2 ou 3 colheres sopa de suco de limão
  • bata no processador ate virar uma massa homogênea
  • desligue o processador coloque a massa numa vasilha e acerte a consistência com farinha de mandioca, até a massa permitir forma bolas não muito pegajosas
  • forme os hamburguers
  • bata um pouco do liquido de cozimento dos hamburgers na m˜åo ou com batedeira, para formar “claras a neve”
  • passe os hamburgers neste liquido para empanar com farinha de mandioca
  • leve ao freezer
  • depois que estiverem endurecidos forre cada um com papel fome para poder colocar um em cima do outro e guardar no freezer
  • quando for comer é só levar ao forno para tostar

dica: pode usar farinha de rosca com ou sem glúten de acordo com suas restrições; podem ser usados outros vegetais dentro da massa (beringela, abobrinha, abóbora, batata doce, tudo que quiser experimentar); podem ser usados outros grão junto ou no lugar do grão-de-bico, como feijões, lentilha e inclusive arroz. É uma boa forma de dar fim a tudo que têm na geladeira e dos restos de comida.

observação: a receita rende aproximadamente 20 hambúrgueres

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM GLÚTEN  – SEM LACTOSE – SEM AÇÚCAR

Ketchup caseiro vegano

ingredientes: 

3 xícaras de tomates italianos orgânicos, ¼  xícara de vinagre de maça (kefir de água), ¼ xícara de melado de cana, ¼ colher de pimenta caiena, 3 dentes de alho amassados, 2 flores de cravo da índia, ½ colher (chá) de canela, 1 pitada de pimenta do reino moída na hora, 1 pitada de noz moscada ralada, 1 pitada de gengibre em pó ou ½ colher (chá) de gengibre fresco, sal a gosto

preparo:

  •  cozinhar os tomates italianos orgânicos até a pele rasgar
  • passar em peneira para fazer pasta de tomate
  •  adicionar os tomates e todos os outros ingredientes no liquidificador e bater até ficar uma pasta homogênea
  • colocar em um recipiente de vidro limpo e esterilizado. Deixar a temperatura ambiente por 48h.
  • depois disso conservar o vidro na geladeira.

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM GLÚTEN – SEM LACTOSE 

Mousse vegana de limão siciliano

ingredientes: 

inhame, banana madura, limão siciliano,limão taiti, limão cravo.

preparo:

  • corte as bananas bem maduras e congele
  • cozinhe o inhame com casca até ficar no ponto onde o  garfo penetra com facilidade
  • descasque o inhame e coloque no processador até virar uma pasta homogênea
  • acrescente suco de limão para facilitar o processo
  • quando estiver bem homogêneo coloque a banana congelada e bata até misturar totalmente
  • decore com raspas de limão

dicas: não é necessário usar açúcar pois a banana já fornece o doce suficiente e por estar misturada com o limão perde parte do seu sabor característico, não parece mousse de banana e sim de limão. Caso tenha pessoas que sentem falta do doce uma opção é servir com suspiros.

quantidades: esta mousse da foto para 20 pessoas foi feita com 1k300g  de inhame, 2 dúzias de banana, 3 loimnoes sicilianos, 3 limões taiti e 2 limões cravo. A ideia é bater o inhame e ir acrescentando a banana até dar o tanto de doce que agrade e o limão para dar o ácido e a consistência mais amolecida, sem muito cálculo exato de quantidades, pois depende do doce e ácido respectivamente de cada um deles.

classificação da receita: VEGETARIANA – SEM AÇÚCAR – SEM GLÚTEN – SEM LACTOSE