Pão sem glúten de beterraba e quinoa vermelha

paofogo
ingredientes: 
2 colheres (sopa) de linhaça dourada (substituto do ovo)
2 xícaras (chá) de leite de
castanha de caju (ou outro leite vegetal de sua escolha)
2 colheres (sopa) de azeite
2 colheres (sopa) de açúcar de coco
1/2 colher (chá) de sal, 1 colher (sopa) de vinagre de maça
2 xícaras (chá) de preparado de farinhas sem glúten
1 ½ xícara (chá) de quinoa vermelha
1 xícara (chá) de beterraba em pó
2 colheres (chá) de fermento biológico

paofogo2

preparo:
lavar e deixar de molho a quinoa vermelha por 4-6 horas (reservar)
ferver a linhaça por 10 minutos em fogo brando e separar o gel formado (reservar)
colocar no liquidificador o fermento biológico, o açúcar e o leite vegetal morno
acrescentar os demais ingredientes (gel de linhaça, azeite, sal, vinagre, farinha
sem glúten, quinoa vermelha e beterraba em pó) bater até a massa ficar
homogênea (se necessário acrescentar mais leite vegetal morno)
deixar crescer no mínimo por 3 horas
assar em forno pré-aquecido na temperatura de 180-200ºC por aproximadamente
uma hora
classificação da receita:  VEGANA- SEM GLÚTEN – SEM LACTOSE
*Preparado de farinhas sem glúten
– 2 xícaras (chá) de farinha de arroz
– 1 xícara (chá) de fécula de batata
– ½ xícara (chá) de polvilho doce

Anúncios

Conheça o coração da bananeira

coraçãoNos tempos atuais estamos sendo cada vez mais encorajados a redescobrir novos lugares nos nossos hábitos alimentares, ingredientes já quase esquecidos voltam a instigar nossa criatividade, nossa vontade de inovar nossos pratos e sabores. Um ingrediente exótico e belo que vem chamando a atenção é o coração da bananeira. Aqui ensinaremos formas de preparo para usar como base em diversas receitas!

1) Ao abrir as folhas do coração você encontrará diversas florzinhas em várias camadas, separe as flores em um recipiente com água e limão (é importante para que não fiquem escuras e para que já comecem a perder um pouco do amargor)
2) Mais ou centro do coração, quando forem acabando as folhas, existe algo similar a um palmito. Fatie e também deixe-o na água com limão junto com as flores.
3) Coloque as flores e o “palmito” para cozinhar em água fervente
4) Como o coração da banana é muito amargo é necessário trocar a água de cozimento algumas vezes. Você pode ter duas panelas para ir intercalando. É importante trocar de água pelo menos 2 vezes ou até diminuir o amargor.
5) Ao final, escorra a água e está pronto para ser utilizado!

O coração pode ser servir de base para muita receitas, pode ser usado em saladas, refogados, recheios… É só explorar sua criatividade!

Ketchup caseiro e natural

ketchupingredientes: 

3 xícaras (chá) de pasta de tomate orgânico*
¼ xícara (chá)de vinagre de maça (kefir de água)
¼ xícara (chá) de melado de cana
¼ colher (chá) de pimento caiena
3 dentes de alho amassados
2 flores de cravo da índia
½ colher (chá) de canela
1 pitada de pimenta do reino moída na hora
1 pitada de noz moscada ralada
1 pitada de gengibre em pó ou ½ colher (chá) de gengibre fresco
Sal a gosto

preparo:

  • Bater tudo no liquidificador e colocar em um recipiente de vidro limpo e esterilizado. Deixar a temperatura ambiente por 48h. Conservar em geladeira.

*pasta de tomate: cozinhar os tomates (italianos orgânicos) até a pele rasgar e passar em peneira.

classificação da receita: VEGAN – SEM AÇÚCAR – SEM GLÚTEN – SEM LACTOSE 

 

Maionese de Couve-Flor

maionese de couve flor


ingredientes: 

2 unidades pequenas de couve-flor
½ xícara (chá) de azeite
1 dente de alho sem o miolo
suco de 1 limão siciliano
sal e pimenta a gosto

 


preparo:

  • cozinhar a couve-flor (somente os buquês) até desmanchar
  • adicionar a couve-flor cozida e os demais ingredientes pouco a pouco no liquidificador e bater até ficar uma pasta homogênea
  • colocar em um recipiente de vidro limpo e esterilizado.
  • conservar em geladeira.

classificação da receita: VEGANA – SEM GLÚTEN – SEM LACTOSE – SEM AÇÚCAR – MOVIMENTO FOGO

 

***baseado no site presuntovegetariano.com.br