Quinoa com uva e abobrinha

Quinoa com uva

ingredientes: quinoa colorida, uva crimson, abobrinha, cebola, sal, azeite, salsinha, vinho tinto.

preparo: colocar uma xícara de quinoa de molho em água morna por 3 horas; numa panela dourar a cebola e a salsinha picadas com um pouco de azeite e sal, acrescentar a abobrinha picada e refogar; acrescentar a quinoa bem lavada; colocar água e deixar cozinhar; até a quinoa “abrir” (a quinoa branca abre primeiro que a mais escura); colocar as uvas e um fio de vinho tinto.

acompanhamentos: ervilhas frescas refogadas com azeite e sal + saladinha verde

classificação da receita:   VEGETARIANA  –  SEM GLUTEN –  SEM LACTOSE  –  SEM AÇÚCAR   –  FÁCIL 

 

Anúncios

Suco de melancia, couve e gengibre

1932

ingredientes: duas xícaras de melancia cortada em pedaços, uma xícara de água de coco, tres fatias de gengibre de aprox. 1 cm de espessura, um cará pequeno, uma cenoura, uma maçã, 2 folhas de couve, 

preparo: colocar a melancia, o gengibre, a cenoura cortada, o cará descascado e cortado em pedaços, a maçã com casca e sem as sementes;  bater;  acrescentar a couve picada em pedaços com a mão;  bater bastante novamente; coar (em coador de tule é melhor); depois acrescentar a água de coco e bater novamente. Pode adicionar gelo se preferir. Servir.

classificação da receita:   VEGETARIANA  –  SEM GLÚTEN  –  SEM LACTOSE  –  SEM AÇÚCAR  –  RÁPIDA  –  FÁCIL 

 

Leite de Amêndoas

ingredientes: uma xícara de amêndoas cruas com pele, água.

preparo:

  • deixar as amêndoas de molho em água fresca de um dia para ou outro (ou por pelo menos 6 horas)
  • quando estiverem bem inchadas e quase brotando, retirar suavemente a pele marrom
  • colocar as amêndoas no liqüidificador e acrescentar um pouco de água fria
  • bater bastante
  • coar usando um coador de voile
  • servir.

variações: acrescentar um pouco de canela, de baunilha o de açúcar segundo o gosto de cada um para variar o sabor.

dicas:

  • se guardada na geladeira dura de 2 a 3 dias, porém as melhores propriedades são obtidas quando consumida na hora de
  • pode ser usada em receitas como substituto do leite.
  • para facilitar o preparo pode ser feito sem retirar a pele das amêndoas

classificação da receita:   VEGETARIANA  –  CRUDÍVORA  SEM GLÚTEN  –  SEM LACTOSE  –  SEM AÇÚCAR  –  RÁPIDA  –  FÁCIL  –  RECEITA MÉDICA

Suco Vivo

ingredientes para o suco verde básico: 1 pepino com casca + 1 cenoura + 1 maçã com casca e sem as sementes + 2 folhas de couve

outros ingredientes para acrescentar no suco (algum deles): abobrinha italiana com casca, chuchu com casca, cenoura amarela, beterraba, salsinha, hortelã, talos de erva doce, salsão, agrião, acelga, tomate, cará descascado, brócolis, couve flor, abóbora

sementes germinadas: linhaça, gergelim preto cru

preparo: 1) iniciar a preparação do suco batendo no liquidificador o pepino cortado para dar o liquido do suco pois não se usa água (se precisar de mais liquido acrescente mais pepino); depois de bater bem o pepino acrescentar a cenoura e a maçã cortadas e a couve; está pronto o SUCO VERDE BÁSICO.

2) acrecentar outros legumes crus, variando cada dia de acordo com a disponibilidade e com o gosto, para não cansar do mesmo sabor sempre e para fornecer diferentes vitaminas e minerais em cada suco. Todas as opções acima são válidas, pode experimentar sem medo!

3) uma vez pronto o SUCO VERDE deve ser coado

4) colocar 1 colher sopa de sementes germinadas no copo do liquidificador (sem o suco) e bater para desmanchar as sementes, acrescentar o SUCO VERDE já coado e está pronto o SUCO VIVO

5) o suco vivo deve ser tomado de manhã em jejum e é interessante deixar um intervalo de pelo menos 2 horas para se alimentar depois

germinação de sementes: lave as sementes, retire as sementes sem aspecto saudável e deixe num recipiente de louça ou vidro com água limpa durante 10 a 14 horas, trocando a água pelo menos 2 vezes por dia, cubra com um pano fino e mantenha longe da luz direta; a linhaça solta uma gosma caraterística sem qualquer relevância; logo as sementes começarão a inchar um pouco e a soltar  a pele escura, aparecendo umas pontinhas brancas que já são o início do processo de germinação, momento em que as sementes se encontram com uma grande quantidade de energia; lavar mais uma vez as sementes em água corrente e colocar num coador de pano ou de plástico  (como mostra a foto) para escorrer a água, mantendo tampado com um pano fino ou tule; continuar lavando periodicamente, com maior frequência no clima quente; consumir estas sementes germinadas no período de 2 dias no máximo.

observação: 1) pode ser utilizado o processador de alimentos ou máquina de sucos no lugar do simples e velho liquidificador,  2) evitar as frutas, principalmente as ácidas,  3) pode acrescentar um pouco de melão ou melancia para fazer o suco mais líquido, 4) todas as sementes e todos os grãos podem ser utilizados para germinar, cada um possui um valor nutritivo e energético diferente, porém eu escolhi a linhaça e o gergelim preto como os mais energizantes e nutritivos, 5) as sementes não podem ser torradas, compre sempre sementes cruas.

propriedades: este suco é altamente nutritivo (basta pensar no prato enorme de legumes que daria tudo o que foi colocado dentro do liquidificador), é desintoxicante, é energético, acaba com a fome fora de hora, (consequentemente ajuda no emagrecimento), muito rico em minerais, vitaminas e fibras.

classificação da receita:   VEGETARIANA  –   CRUDÍVORA  –  VIVA  –  SEM GLÚTEN  –  SEM LACTOSE  –  SEM AÇÚCAR

Mini-Abóboras recheadas com Palmito Pupunha desfiado e Nozes

ingredientes: mini abóboras,  palmito pupunha desfiado, nozes, cebola, salsinha, alho poró, azeite extra virgem orgânico, sal.

preparo: colocar as mini-abóboras numa panela com água, um fio de óleo e sal até ferver, abaixar o fogo e deixar cozinha tampado; espetar um garfo na parte superior e quando estiver macio dentro (porém ainda firme) retirar da água; cortar a parte superior em círculo e retirar a “tampa”; com uma colher retirar as sementes e raspar um pouco da polpa para deixar um espaço para rechear; refogar a cebola em um pouco de azeite, acrescentar bastante alho poró cortado fininho, o palmito pupunha desfiado e a salsinha, refogar e acrescentar um pouco de água; deixar cozinhando com fogo baixo até a água secar; acrescentar as nozes picadas, misturar e usar para rechear as mini-abóboras.

observação: caso não tenha problema com o uso de derivados lácteos, pode acrescentar um pouco de requeijão no palmito que vai dar um gosto e consistência ainda melhores 

acompanhamentos: shimeji com cebolinha, aspargos frescos grelhados e couve refogada

classificação da receita:   VEGETARIANA  –  SEM LACTOSE  –  SEM GLÚTEN  –   SEM AÇÚCAR – RECEITA MÉDICA